Boqueirão FM
Boqueirão FM - Por JMultimidia.com.br - Versão: (Beta)
 
FacebookTwitterMSN Fale Conosco (88) 3536-1583
Rádio Boqueirão FM
 
Pgina Inicial A Rdio Programao Equipe Notcias Fotos Vdeos Agenda Promoes Mural Contato
noar
Ouvir a Rádio Rádio Boqueirão FM
Sem locutor!
Nenhum programa cadastrado!
Ampliar Imagem
pedidos
enquete
Você acha correto a CAGECE multar quem desperdiça água lavando calçadas e ruas; lavando motos e carros?

SIM
NÃO

promocoes
Nenhuma promoção cadastrada!
Cadastrar-se   Ver Todas As Promoções
previsao
Siga-nos no Twitter promocoes
Marcos Pereira
Locutor
Mais detalhes
Boqueirão FM - Por JMultimidia.com.br - Versão: (Beta)
Notícias - Rádio Boqueirão FM voltar
NOTICIAS
Eunicio, seu Sobrinho e a Empresa Confederal são Alvos de Delação Premiada
.


 

 

Em documento obtido pela Revista VEJA, ex-diretor da Hypermarcas narra como funcionava o esquema de repasses de dinheiro para lobista ligado a Senadores Peemedebistas como o Senador Eunício Oliveira.

 

 

MATÉRIA: 

 

 

Uma delação sigilosa, obtida por VEJA, revela pela primeira vez uma pista do caminho percorrido pela propina que seria destinada a Renan -- e a outros parlamentares da alta cúpula do PMDB. O mapa da mina é apresentado, de forma detalhada e com notas fiscais, num acordo de colaboração assinado entre o Ministério Público Federal e o economista Nelson José de Mello, ex-diretor da fabricante de produtos de saúde e bem-estar Hypermarcas. O ex-executivo narra como foram repassados ao menos 26,35 milhões de reais para alguns políticos ligados a Lyra por meio de contratos fictícios assinados entre a companhia varejista e uma rede de empresas, sendo algumas delas fantasmas, e escritórios de advocacia e de auditoria. 

 
 

Senador Eunício Oliveira (PMDB)
Além do presidente do Senado, foram citados pelo delator: o líder do PMDB Eunício Oliveira (PMDB-CE) e os senadores Romero Jucá (PMDB-RR) e Eduardo Braga (PMDB-AM). Nelson Mello também menciona o presidente afastado da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e o seu operador Lúcio Funaro. Na manhã desta terça-feira, o jornal O Estado de São Paulo revelou que a 
delação do ex-executivo citava propinas de 30 milhões de reais para peemedebistas

O delator diz que "entendeu que os montantes pagos eram para o Milton Lyra repassar aos amigos" - entre eles, Renan, Jucá, Eunício e Eduardo Braga. Os investigadores cruzaram as informações apresentadas por Nelson Mello com dados do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), órgão de inteligência ligado ao Ministério da Fazenda, e concluíram que houve a "efetiva movimentação bancária". 

Ajuda para Eunício Oliveira 

Ainda no ano de 2014, em meio às eleições, o ex-diretor da Hypermarcas disse que Milton Lyra o avisou que seria procurado por um "portador de Eunício Oliveira" para ajudar financeiramente na campanha do peemedebista ao governo do Ceará. Nelson Mello relata que se encontrou com um sobrinho de Eunício Oliveira, chamadoRicardo, e que "pagou despesas de empresas que prestavam serviços à campanha de Eunício Oliveira" por meio de "contratos fictícios" no valor total de 5 milhões de reais.  

Duas delas, a Confirma Comunicação e Estratégia e a Campos Centro de Estudos e Pesquisa de Opinião, receberam 3,35 milhões de reais. O restante foi desembolsado pela Hypermarcas a partir de uma nota fiscal emitida no valor de 1,65 milhões de reais apresentada pelaConfederal Prestadora de Serviços de Vigilância e Transporte de Valores, de propriedade de Eunício. 

Leia abaixo trechos do relato de Nelson Mello:

 

Nelson Mello
"...que foi à casa da Presidência do Senado, quando era presidente Renan Calheiros, em recepções; que nessas ocasiões conheceu diversos Senadores, como Eunício Oliveira, Eduardo Braga e Renan Calheiros; que, portanto, notou que Milton era respeitado e tinha prestígio entre os Senadores; que, quando recebeu o pedido de Milton, viu que fazia sentido pagar porque este tinha vários amigos; que Milton dizia que os Senadores ajudavam as bases, tinham despesas de campanha; que Milton não pediu doação formal à campanha de ninguém, até porque não havia campanha; que Milton não especificou como seriam os pagamentos; que Milton depois indicou a empresa com a qual a Hypermarcas celebrou o contrato fictício no valor de R$ 2.000.000,00; que o depoente informou que teria que ser com emissão de nota fiscal; que nessa primeira fase o contrato foi com a Credpag Consultoria e Serviços Financeiros Ltda., empresa cujo nome estava na porta do escritório de Milton Lyra; que o contrato foi simulado, não houve a prestação de serviços, apesar da juntada de relatórios"
"...que entendeu que os montantes pagos eram para o Milton Lyra repassar aos amigos, não sabendo o depoente se este retinha parte dos valores, em troca da intermediação dos contatos mencionados; que os amigos de Milton Lyra eram os Senadores..."
"...que em um determinado momento de 2014 Milton Lyra informou que seria procurado por um portador de Eunício Oliveira; que recebeu um sobrinho de Eunício Oliveira, então candidato a governador, o qual pediu ajuda financeira na candidatura; que concordou com o pedido pela posição do Senador; que o sobrinho de Eunício Oliveira era de nome Ricardo; que pagou despesas de empresas que prestava serviços à campanha de Eunício Oliveira; que ajudou mediante contratos fictícios; que a ideia de pagar a uma empresa de Salvador foi sugestão de Ricardo; que o contrato foi no montante de R$ 3.350.000,00; que tratou com a esposa de uma pessoa que cuidava da campanha de marketing do governador, de Salvador, que são sócias de direito de 2 empresas; que essas empresas não tinham capital social suficiente para o pagamento; que ao final se providenciou uma nova nota fiscal para totalizar R$ 5.0000.000,00, esta em nome da empresa Confederal..."

Fonte: veja.abril

Publicado dia 14/07/2016 às 15:18:46

 
TODAS AS MATÉRIAS DA SEÇÃO NOTICIAS
22/08/2016 - Associação do Sítio Buxaxá realizou eleição para escolha dos nov...
22/08/2016 - Câmara Municipal realizou solenidade para entrega de Moções de Reci...
22/08/2016 - Lavras completou dia 20, 134 anos de elevação à categoria de Cidade
22/08/2016 - COGERH continua Intensificando fiscalização ao longo do Riacho do Ro...
22/08/2016 - Redução em volumes dos reservatórios da Bacia do Salgado preocupa e...
22/08/2016 - Polícia recupera moto roubada durante o final de semana em Lavras
05/08/2016 - Comissão Gestora do Açude Rosário definiu novas normas para uso da ...
05/08/2016 - Após Intensa Troca de Tiros, Polícia recupera carga roubada em Lavra...
05/08/2016 - Associação dos Moto-Taxistas realiza entrega de coletes de identific...
05/08/2016 - Festividades alusivas ao padroeiro do Bairro Novo Horizonte tiveram in...
PUBLICIDADE
Diminuir Texto Aumentar Texto
top10
Documento sem título
LUAN SANTANA
Chuva de arroz
Documento sem título
BRUNO E BARRETO
Eu quero é rolo
Documento sem título
MARCOS E BELUTTI
Aquele 1%
Documento sem título
VICTOR E LÉO
Tempo de amor
Documento sem título
JADS E JADSON
Noite Fracassada
Documento sem título
CESAR MENOTTI E FAB... 
Tô mal
Documento sem título
LEONARDO
Dona do meu destino
Documento sem título
HENRIQUE E JULIANO
Na hora da raiva
Documento sem título
CLEBER E CAUÃ
Sonho
Documento sem título
JOÃO BOSCO E VINÍ... 
Ponto fraco
publicidades
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Rádio Boqueirão FM
Todos os Direitos Reservados © 2018
Rua Raimundo Sobreira Rodrigues, 170 - Lavras da Mangabeira-CE, CEP: 63300-000
Fone: (88) 3536-1583/ (88) 9234-5976
Desenvolvido por JMultimídia